É com você mesmo que eu quero falar, ou com essa coisa fria que sobrou aí no seu lugar. Tanto faz! Seja com você ou com aquilo que eu queria que você fosse. Nós dois precisamos deixar uma coisa bem clara! Você roubou algo de mim, e eu agradeceria se, de bom grado devolvesse o que tomou sem permissão. Será que dá pra me escutar um pouquinho, ao menos agora que não tem mais nada pra falar? Estou sentindo um pedaço vazio em mim, tudo parece ter sido dividido em antes e depois de você. Você arrancou algo que eu gostava muito, e se não for pedir demais tô querendo de volta. Depois de você eu nunca mais usei meu italiano como modo de conquista barata. E como faz falta! Não por ser com você ou por ter deixado de ser com você, entenda bem, você pouco importa. A questão aqui se trata do amor que eu tinha pelo italiano, que você teve todo o cuidado de destruir. E acho que essa é uma das poucas coisas que me deixam com raiva de você. O problema é você ter causado esse impacto todo sendo tão pouca coisa na minha vida. Dá raiva de você e de mim, aliás principalmente raiva de mim. Deixei mais um levar algo bonito embora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s