Acho que as minhas próprias ideias antipatizam comigo, elaboro rapidamente, escrevo e tranco. Esse mesmo processo se repete toda vez que algo em mim pede desesperadamente pra sair e eu tento, e faço o maior esforço, almejando algum tipo de alívio. Mas como se eu não tivesse mais capacidade nenhuma para organizar as letras, algo engasga, não permite nada sair e isso me tortura. Me encontro em agonia de não conseguir nem sequer me apoiar nas palavras. Mais uma vez o texto escapa de mim, chega de fininho, se instala e cala fundo, só pra depois fugir, me deixando com cara de boba e vontade de vomitar tudo no papel. Me concentro em todo esse sentimento e a mesma pergunta ecoa esperando resposta. Quem é que entalou você em mim?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s