19/10/2009

A taça vazia em cima da mesa grita a tua ausência, as gavetas vazias, as caixas cheias de coisas tuas na garagem, tudo indica que tu simplesmente não está, até as tuas contas pararam de chegar pelo correio. Há muitas provas concretas de que tu foste embora.
E ainda assim não acredito. Ainda posso ouvir tua voz, tuas risadas, ainda consigo te escutar reclamando de mim, mas não te acho em lugar algum. Tudo que é teu está guardado. Todas as tuas lembranças eu guardei, guardei também as mágoas. Principalmente as mágoas, afinal, com toda essa saudade habitando meu peito, não sobrou lugar para dores antigas.
Essa coisa de viver sem você é loucura, é como correr sem uma perna, falar sem boca, ler sem os olhos, viver sem você tem sido uma guerra particular, tenho vivido sem o exemplo, sem o carinho e sem o principal pilar da minha vida.
Viver sem o teu auxilio me deixa perdida, sem rumo, confusa e exige de mim coisas que eu não sabia que era capaz.
Eu tenho sido forte em encarar a tua ausência em todos os cantos, tenho tentado fechar os olhos pra tudo que me lembra a saudade que cresce dentro de mim constantemente, e mesmo assim, com toda força que eu sou capaz de resgatar de mim mesma, tudo continua sendo muito difícil. E eu não desejo a mais ninguém tudo o que eu estou sentindo agora, a dor é tanta que até parece que extrapolou o limite e agora uma coisa fria reside onde era para estar uma coisa pulsante e cheia de vida. Uma parte minha pulou junto contigo e eu tenho certeza que não volta mais.
Agora o que se pode fazer é seguir e frente, é conviver com o vazio e com a tua falta.

Texto antigo, sentimento intacto.
Anúncios

Uma resposta para “19/10/2009

  1. com lagrimas no rosto
    leio o ke vc escreve mas tb
    vejo a mulher que vc se tornou
    com o fato ocorrido.
    Percebo ke perdemos a meiga menina Ju
    e ganhamos por mais dificil que seja
    uma grande mulher guerreira
    em um corpo e rosto de menina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s