Às vezes acho que tenho andado de muleta por aí. Acho que tenho caminhado por aí com uma perna a menos. As pessoas me encaram como se faltasse um pedaço meu, como se fosse digna de pena. Talvez eu esteja então me arrastando pelas ruas transparecendo a falta da tua atenção, quem sabe meu olhar encontre o horizonte, pensativo e meu sofrimento salte pra fora como se não coubesse mais no corpo. Cansei dessa falta de procura, cansei desse sentimento de ter sido esquecida, não nasci, entenda bem, não nasci para não me sentir amada por quem amo, me entreguei demais para não ser recebida e vou tomar de volta antes que isso deixe uma ferida daquelas que todos vão encarar com olhar piedoso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s