E cresce essa vontade de participar de alguém, de fazer parte dos medos, das alegrias, das saudades, não estou exigindo amor, nem paixão, nem nada parecido, só uma história, um caminho junto, um ombro, uma mão, um corpo. Algo que eu possa chamar de meu, alguém que vai estar lá, que eu possa precisar durante a madrugada e fumar mais somente por querer e não ter, alguém que vai estar fumando por mim também, quero um fogo que não estou sentindo. Quero algo que nunca tive mas um dia encontro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s