Eu queria escrever sobre algo, mas como se faz quando não existem motivos? Não dá pra inventar ninguém só pra sofrer um pouquinho com a falta de amor ou por ele não ser correspondido, não dá. Não sei se é bom, não sei se isso é ruim, não ter pelo que sofrer e não ter nem porque vir aqui e aliviar alguma coisa, qualquer coisa que esteja prestes a explodir.
Em mim tá tudo tão calmo que estou começando a me achar pacata demais, se isso continuar assim não me aguento. Dai então juro que invento alguma coisa suja pra chafurdar aqui dentro, escrevo e peço piedade de qualquer deus, só pra sentir algo a mais…
Não nasci profunda desse jeito só pra ficar em paz, quero tempestades, quero sofrer um pouquinho, ser feliz não me consola, quero procurar equilíbrio em algo, nem que tenha que ser na tristeza, nem que seja na saudade ou na impossibilidade de qualquer amor. Tanto faz.
O que eu procuro é uma dorzinha pra deitar de noite e sentir uma pontada no peito, ter que acordar no outro dia e achar força em algum lugar, só pra tudo não parecer tão fácil e eu não perder o jeito de ser forte, não posso me acostumar com essas coisas calmas dentro de mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s