E agora tudo que eu escrevo – quando não fala da tua falta, da saudade e da dor, me soa tão falso, tão robótico, porque agora, minha alma sofre com a tua perda, minhas lágrimas pertencem a ti, aliás, não sei se é algum tipo de hipocrisia, ou egoísmo, mas tenho sido parcialmente feliz ou acho que seria, se essa dor não estivesse tomando conta do que antes era o meu coração – pois agora eu chamo de peito, porque ele pulsa, mas não é mais o mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s