Mas eu nem me preocupo mais, eu vou levando, enquanto as coisas estão no lugar, eu vou continuando, vivendo, sorrindo, vou sempre aproveitando os momentos, ou meus momentos, nem sempre tão calmos, nem sempre tão leves, mas sempre tão meus.
E um dia, se um dia, meus momentos, meus dias, minhas coisas saírem dos seus lugares, não haverá desespero, não perderei a minha leveza por outro alguém, por momentos. Não perderei coisas tão minhas, por outras nem tão essenciais, por mais que pareçam, por mais que faça falta, por mais que roube a calma, não haverá desespero, não haverá morte alguma dentro de mim, vou continuar, como sempre fiz, sempre farei, pois não há outro caminho, a leveza me leva, me puxa, e eu vou seguindo, sempre sorrindo. Assim que as coisas estão, dentro e fora de mim, nítidas e verdadeiras.

Anúncios

Uma resposta para “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s