Eu tenho sido extremamente feliz. Alias sempre fui feliz, aprendi a conviver com a tristeza. As duas me são essenciais. Durante alguns dias eu me permito sentir tristeza, para que nem tudo seja assim tão feliz. E muitas dessas vezes, em muitos desses dias, a saudade me invade, como se fosse somente uma consequência.
Eu tenho caido frequentemente dentro dos muitos poços que existem em mim, tenho me resgatado com a mesma frequência e a cada volta, eu me torno mais feliz. Só que dentro de tudo isso há um perigo, sempre há perigo quando se vai longe de mais, porque é possível que não se consiga voltar após cair muito fundo.
Por isso que eu digo que eu sou harmonia, e quando um lado meu pesa mais do que o outro, e isso sempre acaba acontecendo, o perigo deixa de ser uma preocupação para se tornar uma ameaça.
Então repito, sou funda e tenho medo de mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s