Quem sabe esse aperto, essa falha na garganta e essa dor constante fossem resultados de toda essa minha lucidez. Talvez eu realmente entendesse demais, mais do que alguém normal deveria entender e por isso, corria sempre atrás de uma explicação, resultado de uma dor, uma dor que eu mal sabia explicar, que me deixava louca, cheia de angustias, angustias essas que eu também não sabia explicar.
Quem sabe, é por isso que me coração ande tão pesado e talvez, também seja por isso, que eu comece a duvidar sobre a minha lucidez, que me faz querer esquecer de tudo o que eu sei, de tudo que eu entendo, dessa compreensão sangrada de tudo. Só pra me ver livre de qualquer dor que eu não entenda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s