Ela sentia o frio passar pelo seu corpo feito facões, eles nunca estiveram tão próximos antes, isso tudo era tão real.
Era tudo tão diferente do que ela conhecia, e mesmo que tudo estivesse perfeito, e como ela sempre havia sonhado, ela queria era voltar para o pesadelo da sua vida normal, pacata e sem fortes emoções, muito menos, grandes amores.
Ela nunca admitiu que amara alguém, muito menos havia sentido isso antes, e por mais lindo que fosse, ela queria voltar pra casa.
E ir dormir arrependendo-se pelo resto de sua vida por deixa-lo escapar por entre os braços.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s